quinta-feira, dezembro 29, 2011

             E entre tudo que você poderia ser pra mim, você escolheu ser saudade...

quinta-feira, dezembro 08, 2011

Eu vejo seu rosto em meus pensamentos enquanto dirijo, porque nenhum de nós pensou que ia terminar desse jeito. Pessoas são pessoas, e às vezes nós mudamos de ideia. Mas está me matando ver você ir depois de todo esse tempo. A música começa a tocar como o final de um filme triste, é o tipo de final que você realmente não quer ver. Porque é uma tragédia e isso apenas te deixa pra baixo, agora eu não sei como vai ser sem você por perto. E sabemos que nunca é tão simples, nunca tão fácil. Nunca uma separação limpa, ninguém aqui pra me salvar. Você é o único que eu conheço como a palma da minha mão, e eu não consigo respirar sem você, mas eu preciso, respirar sem você. Eu nunca quis isso, nunca quis te ver machucado. Todos os pequenos buracos da estrada eu tento desviar. Mas pessoas são pessoas, e às vezes isso não funciona, nada do que dissermos vai nos salvar de cair fora. São duas horas da manhã, me sentindo como se eu tivesse acabado de perder um amigo. Espero que você saiba que isso não é fácil, fácil pra mim.

Breathe - Taylor Swift.


quarta-feira, novembro 23, 2011

"Estou me cansando dessa chuva, que só acontece dentro de mim. Me sentindo inundada, com água quase até o nariz sem nem poder respirar. Quando a tempestade vai cessar? Quero que o sol brilhe aqui, que a chuva de tristeza se torne o sol da minha felicidade."

Muito de você em muito de mim.

"Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito. Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim."


Caio Fernando Abreu.
"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

Fernando Pessoa

terça-feira, novembro 22, 2011

                  "Eu paro de me escutar, porque, para dizê-lo curto e grosso, eu canso a mim mesma."
"Há ocasiões em que a gente salta do penhasco. Como naquele desenho animado do Papa-léguas: o Coiote sai em disparada e continua correndo mesmo depois de ultrapassar a borda do penhasco; de repente para no ar, olha para baixo e sabe que vai despencar, que não há nada que possa fazer a respeito. Mas, às vezes, talvez na maioria delas, a situação não é tão clara assim. Estamos no escuro, caminhando lentamente à beira do abismo, sem saber ao certo para onde estamos indo. Os passos são hesitantes, por causa da escuridão da noite. Não nos damos conta de como estamos próximos da borda, de que o solo pode sumir a qualquer momento, de que um mero escorregão pode nos lançar encosta abaixo."

Confie em mim - P.13 ; Harlan Coben.

“Eu queria ficar na varanda com ele até o sol brilhar sobre nós dois. Mas não fiquei. Eu me levantei e desci as escadas. Prefiro correr atrás do sol a esperar que ele venha incidir sobre mim.”

Eu sou o mensageiro

sexta-feira, outubro 14, 2011

O porta chapéus incômodo.

"Sozinha ali ela sempre ficava. Riam e chamavam-a de "Porta Chapéus." Tinham razão, nua como uma amante. De galhos finos e desengonçados. Nunca floria, sempre chorava. A chuva caía nela primeiro, talvez quisesse levar toda sua dor. Mas quê dor? Era apenas uma árvore escondida debaixo de dedos de neve. Os pássaros nunca nela pousavam, e gatos fofos e gordos nunca nela subiam. Havia algo nela que afastada todos de sua volta, mas que sempre fazia os olhos se sentirem curiosos. Todos para ela olhavam e comentavam que não pertencia àquele lugar, mesmo sendo apenas uma árvore. Aquela rua era de árvores vívidas e floridas. Onde pendiam de tantos pássaros em seus galhos e soavam de tanto sol que nelas batia. E sempre estava lá o Porta Chapéus, se perguntando qual seria seu defeito e por não era como as outras. Por que nunca a olharam com olhos amorosos e admirados. Desejava ter milhares de flores em seus braços, e mais algumas milhares sobre seus pés. Mas por que desejava ser como as outras? Por que desejaria ser comum, ser igual a todas? Não sabia, mas o que a fazia notável eram as diferenças. O que encomodáva aos outros era sua força de continuar ali, de pé mesmo sendo julgada. Percebeu como as outras árvores ao seu redor eram parecidas, e que as pessoas nunca sabiam qual era qual, afinal, eram todas iguais, seguindo os mesmos tempos e a mesma monotonia de vida. Foi quando percebeu que era na verdade invejada, que seu jeito estranho e incomum era o que a tornava extraordinária, que a destacava. E que o mundo é feito das diferenças, as pessoas e coisas julgadas e incomuns, são as quais mais se destacam."

Minha autoria.

Cicatrizes.

"Cicatrizes que eu gostaria que você visse. Feche seus olhos e vou te beijar porque com os pássaros eu dividirei esta visão solitária. Me empurre contra a parede jovem garota de Kentucky com sutiã de enchimento, caindo sobre mim para lamber seu coração e saborear sua saúde porque com os pássaros eu dividirei esta visão solitária... Perda de sangue num box do banheiro, garota do sul com um sotaque de Scarlet. Dê adeus a mamãe e papai porque com os pássaros eu dividirei, com os pássaros eu dividirei esta visão solitária. Falando levemente com a mandíbula quebrada espere lá fora, mas não para brigar. Outono é doce, assim o chamamos. Eu alcançarei a lua nem que eu vá rastejando. Com os pássaros eu dividirei esta visão solitária..."
Red Hot Chili Peppers - Scar Tissue.

quinta-feira, outubro 13, 2011

"Então delete, tudo aquilo que não valeu a pena. Quem mentiu, quem enganou seu coração, quem teve inveja, quem tentou destruir você, quem usou máscaras, quem te magoou, quem te usou e nunca chegou a saber quem realmente você é..."
"...Enfim: que mais restava àqueles dois senão, pouco a pouco, se aproximarem, se conhecerem, se misturarem? Pois foi o que aconteceu. Tão lentamente que mal perceberam..."


(Aqueles dois - Caio Fernando Abreu)
‎"Eu sempre quis saber como é ser o motivo da vida de alguém."
Caio Fernando Abreu.

segunda-feira, outubro 10, 2011

Por você esperei.

"Fugi esperando você me seguir
Chorei esperando você me fazer sorrir
Caí esperando você me levantar 
Mas tudo que você fez foi apenas olhar.
Olhou e como um cego, nada viu
Que estava eu derrubando o céu 
Para junto de mim ficar
Olhando as estrelas daquele lugar."
Minha autoria.
"E uma compulsão horrível de quebrar imediatamente qualquer relação bonita que mal comece a acontecer. Destruir antes que cresça. Com requintes, com sofreguidão, com textos que me vêm prontos e faces que se sobrepõem às outras. Para que não me firam, minto. E tomo a providência cuidadosa de eu mesmo me ferir, sem prestar atenção se estou ferindo o outro também. Não queria fazer mal a você. Não queria que você chorasse. Não queria cobrar absolutamente nada. Por que o Zen de repente escapa e se transforma em Sem? Sem que se consiga controlar".

Don't Forget Me - Red hot chili peppers.


Don't Forget Me - Não me esqueça.
I'm an ocean in your bedroom
Sou um oceano no seu quarto
Make you feel warm
Faço com que você se aqueça
Make you want to re-assume
Faço com que você queira continuar
Now we know it all for sure
Agora nós sabemos de tudo isso com certeza
I'm a dance hall dirty breakbeat
Sou um dançarino de break de salão
Make the snow fall
Faço a neve cair
Up from underneath your feet
Da sola dos seus pés
Not alone, I'll be there
Você não está só, eu estarei aí
Tell me when you wanna go
Avise-me quando quiser ir
I'm a meth lab first rehab
Sou um laboratório de metanfetamina, a primeira desintoxicação
Take it all off
Dispa-se
And step inside the running cab
E entre num táxi em movimento
There's a love that knows the way
Há um amor que conhece o caminho
I'm the rainbow in your jail cell
Sou o arco-íris na sua cela de prisão
All the memories of
A lembrança de
Everything you've ever smelled
Todos os cheiros que você já sentiu
Not alone, I'll be there
Você não está só, eu estarei aí
Tell me when you wanna go
Avise-me quando quiser ir
Sideways falling
Caindo pelos lados
More will be revealed my friend
Mas será revelado meu amigo
Don't forget me
Não me esqueça
I can't hide it
Eu não consigo esconder
Come again make me excited
Venha outra vez e me deixe excitado
I'm an inbred and a pothead
Sou um filho legitimo e um maconheiro
Two legs that you spread
Duas pernas que você abre
Inside the tool shed
Na garagem
Now we know it all for sure
Agora nós sabemos de tudo isso com certeza
I could show you
Eu lhe mostraria
To the free field
O campo aberto
Overcome and more
Quando superamos algo
Will always be revealed
Mais coisas serão reveladas
Not alone, I'll be there
Você não está só, eu estarei aí
Tell me when you wanna go
Avise-me quando quiser ir
Sideways falling
Caindo pelos lados
More will be revealed my friend
Mas será revelado meu amigo
Don't forget me
Não me esqueça
I can't hide it
Não consigo esconder
Come again get me excited
Venha outra vez e me deixe excitado
Sideways falling
Caindo pelos lados
More will be revealed my friend
Mas será revelado meu amigo
Don't forget me 
Não me esqueça
I can't hide it
Não consigo esconder
 There's a match now let me light it
Há um jogo agora me deixe iluminar
I'm the bloodstain
Eu sou a mancha de sangue
On your shirt sleeve
Na sua manga
Coming down and more are coming too believe
Indo a baixo, e outros também irão, acredite
Now we know it all for sure
Agora nós sabemos de tudo isso com certeza
Make the hair stand
Arrepiarei os pelos
Up on your arm
Do seu braço
Teach you how to dance
E lhe ensinarei a dançar
Inside the funny farm
No manicômio
Not alone, I'll be there
Você não está só, eu estarei aí
Tell me when you wanna go
Avise-me quando quiser ir
"Não se concentre tanto nas minhas variações de humor, apenas insista em mim. Se eu calar, me encha de palavras, me faça querer dizer outra e outra vez sobre você, sobre nós, e todo esse amor. Se eu chorar, não me faça muitas perguntas, não precisa nem secar minhas lágrimas. Só me diz que você continuará comigo pra tudo, que tenho teu colo e teu carinho. E ainda que te doa me ver assim, me envolva nos teus braços e diga que eu posso chorar, mas que você não sairá dali enquanto eu não sorrir. Porque é isso que nos importa, não é? O sorriso um do outro. Não é?"

Caio Fernando Abreu.

quinta-feira, outubro 06, 2011

Não me deixe.

"Não me deixe, é preciso esquecer, tudo se pode esquecer que já ficou para trás . Esquecer o tempo dos mal-entendidos e o tempo perdido a querer saber como esquecer essas horas. Que às vezes matam a golpes de porque, o coração de felicidade. Não me deixe.
Te oferecerei pérolas de chuva vindas de países onde não chove; Escavarei a terra até depois da morte, para cobrir teu corpo com ouro, com luzes. Criarei um país onde o amor será rei, onde o amor será lei. Não me deixe. Te Inventarei palavras absurdas que você compreenderá ; Te falarei daqueles amantes que viram de novo seus corações abraçados ; Te contarei a história daquele rei, que morreu por não ter podido te conhecer. Não me deixe. Quantas vezes não se reacendeu o fogo do antigo vulcão que julgávamos muito velho. Até parece que as terras queimadas produzem mais trigo. Que a melhor primavera é quando a tarde cai, para que o céu se inflame. O vermelho e o negro não se misturam. Não me deixe. Não vou mais chorar, não vou mais falar ; Escondo-me aqui para te ver dançar e sorrir, para te ouvir cantar e rir. Deixe que eu me torne a sombra da tua sombra, a sombra da tua mão. Não me deixe."

Ne me quitte pas - Maysa Monjardim.

"Viver não dói. O que dói é a vida que não se vive."

Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável, um tempo feliz. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade interrompida. Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar. Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar. Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: se iludindo menos e vivendo mais. 

domingo, setembro 11, 2011

"Se eu demorar, me espera. Se eu me entregar, aceita. Se eu sussurrar, escuta. Se eu duvidar, me jura. Se eu te amar, me ama."

sábado, setembro 10, 2011

Ou toca, ou não toca.

"Pois tome. Prove. Sinta.
Tenho preguiça de quem não comete erros. Tenho profundo sono de quem prefere o morno. Eu gosto do risco. Dos que arriscam. Tenho admiração nata por quem segue o coração. Eu acredito nas pessoas livres. Liberdade de ser. Coragem boa de se mostrar. Dar a cara a tapa! Ser louco, estranho, chato! Eu sou assim. Tenho um milhão de defeitos. Sou volúvel. Sou viciado em gente. Adoro ficar sozinho. Mas eu vivo para sentir. Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije na boca. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso! Mas, pelo amor de Deus, me faça sentir… Um beliscãozinho que for, me dê. Eu quero rir até a barriga doer. Chorar e ficar com cara de sapo. Quer saber como eu sou para me aceitar? Vou me fazer conhecer melhor por você. Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras. Sou irritável e firo facilmente. Também sou muito calmo e perdôo logo. Não esqueço nunca. Mas há poucas coisas de que eu me lembre. Sou paciente mas profundamente colérico, como a maioria dos pacientes. As pessoas nunca me irritam mesmo, certamente porque eu as perdôo de antemão. Gosto muito das pessoas por egoísmo: é que elas se parecem no fundo comigo. Nunca esqueço uma ofensa, o que é uma verdade, mas como pode ser verdade, se as ofensas saem de minha cabeça como se nunca nela tivessem entrado? Desculpa, nada é pouco quando o mundo é meu! Não me prendo a nada que me defina. Sou companhia, mas posso ser solidão.Tranqüilidade e inconstância, pedra e coração.Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono.Música alta e silêncio.Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo!Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer…Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. ou toca, ou não toca. "

Clarisse Lispector.

sábado, setembro 03, 2011

   "Olhos afundados em água, mergulhados em tristeza."

Minha autoria.

quarta-feira, agosto 31, 2011

"É amor, talvez você esteja tão perto, que não estou conseguindo nem te ver. Talvez você esteja aqui, bem debaixo do meu nariz, mas sabe, é impossível ver o que está abaixo dele. Então se você puder, vem ficar comigo o mais rápido possível, por que você está demorando muito, e não há mais unhas pra tanta ansiedade. Sei que você está pertinho de mim, posso sentir você. Se resolver aparecer, me abrace. Não precisa dizer nada, só me abrace ou então sorria para mim. Vou saber no exato momento que é você. Por que você insiste em me deixar esperando? Ou você ainda não sabe que sou eu quem está esperando por você? Se for esse o motivo da sua demora, tenta dar um jeito de descobrir, por que, pra falar a verdade, você está fazendo muita falta... Mesmo que nunca tenhamos estado juntos."
Minha autoria.

segunda-feira, agosto 15, 2011

Quando caíram as palavras.

As palavras. As mesmas que sempre estiveram à seu favor, hoje vieram agressivas te tapeando a face. Nunca tiveram tanta força como hoje. Juntas, de uma vez só, pisotearam seu coração, limpando o resto de sujeira que havia em seus pés. De modo que o quebraria, se já não estivesse em pedaços, como o pirulito de uma criança que cai involuntariamente no chão, e é feito cacos. Ah como aquelas palavras doeram! Não tiveram tanta força antes. Mas depois de caírem sobre sua cabeça, você as ignorou de uma forma como se não tivessem falado contigo esta tarde. Essas palavras ainda estão vagando por sua mente, é só você sofrer um deslize sentimental, e elas logo aparecem em sua cabeça, rindo alto e claro. Como se usassem paetês para chamar sua atenção. Como uma facada na alma, te fazem derrubar aquele líquido sem valor de seus olhos. Esse liquido dói um pouco mais que as palavras. Talvez. Você joga longe sem vontade, todas as coisas que façam te lembrar quem lhe disse aquelas tais palavras, e essa é quase a pior parte do que está acontecendo agora. Ter que se desfazer de algo, que você ama tanto. Mas a pior parte vem, quando a pessoa que lhe disse as palavras que te fazem gritar, está indo embora, sem nem dizer adeus.


Minha autoria.

quinta-feira, agosto 11, 2011

Damien Rice - Cannonball


Bala de canhão

Ainda há um pouco de seu gosto em minha boca
Ainda há um pouco de você amarrada a minha dúvida
Ainda é um pouco difícil de dizer o que está acontecendo


Ainda há um pouco de seu fantasma, sua testemunha
Ainda há um pouco de seu rosto que eu não beijei
Você se aproxima um pouco a cada dia
E eu não consigo dizer o que está acontecendo


Pedras me ensinaram a voar
O amor me ensinou a mentir
A vida me ensinou a morrer
Assim, não é difícil cair
Quando você flutua como uma bala de canhão


Ainda há um pouco de sua canção em meu ouvido
Ainda há um pouco de suas palavras que eu desejo ouvir
Você se aproxima um pouco de mim
Tão próxima, que eu não consigo ver o que está acontecendo


Pedras me ensinaram a voar
O amor me ensinou a mentir
A vida me ensinou a morrer
Assim, não é difícil cair
Quando você flutua como um canhão


Pedras me ensinaram a voar
O amor me ensinou a chorar
Então venha, coragem
Ensine-me a ser tímido
Porque não é difícil cair
E eu não quero assustá-la
Não é difícil cair
E eu não quero perder
Não é difícil crescer
Quando você sabe que você simplesmente não sabe

quarta-feira, agosto 10, 2011

Siga então seu caminho, sem minha sombra.

"Vá, mas não deixe rastros para que eu não possa seguir o caminho por onde foi. Tantas vezes você já foi, e eu segui atrás, pois não conseguia te deixar ir. Mas agora preciso, pois nossos caminhos não são mais juntos. Preciso de algo novo, já cansei da mesma coisa toda vez. Mas preciso que vá logo, preciso que esteja a uma distância que não possa ouvir meus gritos chorados implorando pra você voltar, nem ouvir o som ecoar. Siga aquele caminho que sempre fez, mas depois de passos pesados, virou-se e voltou para onde eu estava. Me pegou do chão e me abraçou tão forte que me fez perder o fôlego. Antes de ir, prometa-me que não fará isso novamente, pois já cansei desse nosso costume de ir e depois voltar, dessa indecisão que nos prende no mesmo lugar. Andamos milhas e milhas, mas é como se estivessemos tentando chegar ao outro lado do oceano. Sejamos francos com nós mesmos, não chegaremos a lugar nenhum se ficarmos parados sem ir pra nenhum lugar."
 Minha autoria. 

segunda-feira, agosto 08, 2011

"Passou a esconder as suas lágrimas através dos seus sorrisos, e foi aí que percebeu que chorava todos os dias."

sábado, agosto 06, 2011

 
"...Você enxerga tudo,
você enxerga cada detalhe.
Você enxerga toda minha luz
E você ama minha escuridão...
E você continua aqui."

(Alanis Morissette - Everything)

quinta-feira, agosto 04, 2011

"Esqueci do teu olhar,
 E do brilho que neles continha.
 Esqueci da tua maneira de sorrir,
 E da tua voz.
 Esqueci da maneira que abraçava-me,
 E do calor que teu corpo me aquecia.
 Esqueci do nosso primeiro beijo,
 E do gosto que ele tinha.
 Esqueci de você por completo.
 Só esqueci de esquecer-me de uma coisa...
 Deixar de amar-te.
 Amo-te mesmo quase não te conhecendo."


Minha autoria. 
"Raios de sol sempre entram numa casa escura por alguma fresta."
Minha autoria.

sábado, julho 30, 2011

Levante de Varsóvia - Crianças polacas heróis.


Bom, sou apaixonada pela história da II Guerra Mundial como já disse aqui, e sou apaixonada pela Polônia. Sou descendente de poloneses, e tenho muito orgulho disso. Achei esse vídeo no blog http://polonia-heroica.blogspot.com/ e achei muito lindo. Uma homenagem às crianças que fizeram parte desse triste capítulo da história do mundo. Espero que vocês gostem! Beijos.
"...Seja honesta garota, quantas lágrimas você deixou cair no chão?..."
Justin Bieber - One Less Lonely Girl.


sexta-feira, julho 29, 2011

Você se vê como uma dessas coisas que há no mundo que são insignificantes. Pequeno, sem muito valor. É assim que você sente que é. Talvez até invisível, como se ninguém pudesse te ver. Ou até pudessem, mas não fizessem questão. E você não consegue falar, e nem quer. Você usa apenas seus olhos e seu coração. Não, talvez o seu coração é quem esteja te usando. Fazendo você sentir coisas dentro de você, que não gostaria, mas não pode dizer se quer ou não sentir... Você apenas sente. Você se sente assim pra baixo, e as pessoas apenas "sentem muito". Você chega a achar que nem existe, que só você se vê. Se pergunta se alguém te nota, te compreende, e te sente. Espera uma resposta que nunca vem... Só vem mais perguntas.
E então grande mundo, você têm lugar para pessoas pequenas?

Tudo luta por vida.

"Se as flores estiverem murchas,
Se o sol brilhar fracamente,
Se o rio estiver turvo,
Se os pássaros não cantarem,
Ainda estarão lutando por vida.
Pois as flores ainda não secaram,
O sol continua à brilhar,
Os pássaros ainda voam,
E o rio ainda não secou.
É como você,
Que está no chão,
Mas não desiste de viver."

Minha autoria. 
"Devolva-me minha coragem, pois já cansei de meus medos."

Minha autoria.

quarta-feira, julho 27, 2011

Tão vasta quanto o céu.

"Então você se sente meio sozinho. Você olha para os lados mas não vê ninguém. Sente apenas aquele vento frio cortando seu rosto. Então você olha pra um lugar onde geralmente não olha, não se lembra. O céu. Você vê aquele azul vasto acima de sua cabeça. Com poucos riscos brancos. Pensa em como você se sente como ele, sem fim, sozinho e temperamental. Só alguns pássaros voam sobre esse céu que está olhando agora, mas logo eles somem de vista e você não os vê mais. Diga-se que esses são como seus amigos que fez pela vida - Estiveram só de passagem. - Quando do céu, depois de um dia esplêndido de sol, cai chuva, diga-se que são como suas lágrimas que vem depois de um sorriso. Mas do céu, lembra-se que não vem só a chuva. Vem também os raios solares durante o dia, e quando escurece, é coberto de estrelas e um astro chamado lua. Esses, lembre-se - Vêm todos os dias. Você pensa então que está sozinho. Mas só pensa. Sempre terá alguém que é como o sol, como a lua, como as estrelas, e também que te trará a chuva. Sempre passarão pássaros, que irão sem volta, mas que tiveram algum valor quando estavam em voo. Então você percebe que é exatamente como o céu, que todos os dias alguém olha pra você de forma especial. Que todos os dias a única coisa que alguém quer, é acordar e te ver lá, exatamente do jeito que é. Que quando chora, alguns lamentam. Você é infinito, você traz paz, você é o que todos tentam decifrar. É, você é como o céu."


Minha autoria.

segunda-feira, julho 25, 2011

Meu primeiro selinho!

Ganhei meu primeiro selinho da Sheila, blogueira do http://amoreacalanto.blogspot.com
Fiquei muito feliz de ter recebido o selinho, é muito prazeroso saber que gosta de meus textos. É isso que me incentiva sempre a escrever. Obrigado e agora vou colocar a lista dos 5 blogs que indiquei.
1 - Bem vaidosa: http://bemvaidosa.blogspot.com/
2 - A verdade a ver navios: http://tears-of-yesterday.blogspot.com/
3 - Arde o fogo da paixão: http://lixoeluxo2.blogspot.com/
4 - Conversando com as estrelas: http://camillasribeiro.blogspot.com/
5 - Inefável poesia: http://inefavelpoesia.blogspot.com/
Gostaria de poder indicar todos os blog que sigo, mas como as regras dizem somente 5, aí estão os meus indicados. Espero que gostem! Beijos e boa semana à todos vocês. 
PS: E claro que indico o belíssimo blog da Sheila: http://amoreacalanto.blogspot.com Não deixem de visitar!
_________

Regras:
1 - Você poderá postar o selinho no seu blog, para que todos que passarem por lá vejam o quanto seu blog é show.
2 - Indicar 5 blogs que você acha que é um show.
3 - Notificar ao blog. 

Vou te amar.

"Vou te amar apesar de suas diferenças. 
Vou te amar apesar de você não sentir como eu. 
Vou te amar apesar de não pensar como eu.
Vou te amar apesar de não gostar de todas as coisas das quais gosto.
Vou te amar apesar de toda distância.
Vou te amar apesar de não estar comigo todas as horas que preciso.
Vou te amar apesar de todos teus defeitos.
Vou te amar mesmo se você não me amar.
Vou te amar apenas..."

Minha autoria.

domingo, julho 24, 2011

Ninguém nunca irá entender ...

... Por que eu preferi brincar com roupas velhas a descer no escorregador.
Por que eu ficava feliz sem motivo ao invés de reclamar da vida.
Por que eu preferi ficar em casa a ir naquela festa badalada.
Por que eu chorei naquela tarde vazia, enquanto tantos estavam sorrindo.
Por que eu escolhi o inteligente ao invés do bonito.
Por que eu dei mais valor à qualidade do que à quantidade.
Ninguém nunca vai entender... 
e também não quero que entenda.
A graça da vida é ser uma incógnita que todos tentam desvendar, mas nenhum consegue.
"Você é objeto jogado as traças que não se recicla, você é poesia de baixo calão, que não se recita, você é obra interminada, que ninguém cita, na verdade não sei o que você é... coisa esquisita."

sexta-feira, julho 22, 2011

Filme: Minha vida sem mim/ My life without me.

Sinopse: Ann é uma menina que trabalha duro, tem duas filhas, um marido que trabalha construindo piscinas, uma mãe que tem uma história de sonhos fracassados e um pai que passou os últimos dez anos na prisão. Enquanto outras mulheres de sua idade estão se divertindo, ela passa as noites trabalhando como faxineira de uma faculdade que ela jamais poderia pagar. Ann mora com sua família num pequeno trailer no quintal de sua mãe. De alguma forma, ela consegue manter a cabeça para fora da água, sobrevivendo, não vivendo. Depois de um desmaio, ela vai fazer um check-up médico, quando um médico tímido lhe dá uma notícia chocante. Ela não conta a ninguém, ficando determinada a poupar suas filhas da verdade e ao mesmo tempo tomar controle de sua própria vida, tirando o máximo dela. Para Don, Laurie (sua amiga de trabalho) e suas crianças, Ann encobre sua fraqueza como um caso de anemia. Secretamente ela faz uma lista de coisas que sempre quis alcançar na vida mas nunca teve tempo. Elas variam desde a mudança do estilo do penteado, unhas falsas, até a se relacionar com outro homem. De repente sua vida desabrocha, e a força que brota dessa jovem trabalhadora de vinte e três anos torna-se uma grande determinação.

Trailer Oficial:

"Esta é você, na chuva. Nunca pensou que fosse fazer algo assim. Você nunca se viu como - não sei como descreveria - como uma dessas pessoas que gostam de olhar a lua ou que passam horas contemplando as ondas ou o pôr-do-sol. Deve saber que tipo de pessoas estou falando. Talvez não saiba. Seja como for, você gosta de ficar assim: lutando contra o frio, sentindo a água penetrar na sua camisa e a sensação do chão ficando fofo debaixo dos seus pés e do cheiro. Do som dá água batendo nas folhas e todas as coisas que estão nos livros que você não leu. Essa é você. Quem teria imaginado? Você."

E mais uma vez ...

E ela sempre acaba no mesmo quarto, com os mesmos pensamentos e escutando as mesmas músicas que falam mais sobre seus sentimentos do que suas próprias palavras. Sempre o mesmo lugar. O único lugar. Onde ela pode ser ela mesma, pode deixar o sorriso de lado pra dar lugar as lágrimas. Basta uma coisa que a magoa acontecer que lá está ela. Jogada na cama sozinha, sentindo o frio cortando sua pele. Tão vulnerável a coisas ruins. As lágrimas caem fáceis de seus olhos. Estrelas do lado de fora de sua janela, mas chuva do lado de dentro. A caneta e o papel são seus únicos amigos. E lá está ela, mais uma vez jogando palavras ao vento, sentimentos escritos em papéis. Sempre se repetindo, como a lua que nasce todas as noites.

Minha autoria.

quarta-feira, julho 20, 2011

"Se você ouvir falar que existe amor maior que esse, não acredite! Não existe nada maior que o infinito!" 
Minha autoria.

Feliz dia do amigo!


Hoje como todos sabemos, é o dia do amigo. Quero primeiramente desejar uma ótima noite para todos meus amigos seguidores do blog não deu pra postar antes, só essa hora da noite mesmo, então, feliz noite dos amigos, haha. Por todo apoio que vocês me dão, pelos comentários, visualizações e todo o resto. Vocês são meus "amigos blogueiros", e estamos juntos para darmos apoio um ao outro em questão dos blogs. Nos apoiamos vendo os posts, seguindo, fazendo comentários. Cada coisa boa que vocês falam sobre meus textos, só me incentivam mais a continuar escrevendo. É por vocês que me dedico a esse blog. Fico muitíssimo feliz quando posto algo e vocês gostam. Espero agradar sempre, e que vocês continuem acompanhando meu blog. Que hoje o dia de cada um de vocês tenha sido muito abençoado, cheio de paz, luz, amor, saúde e amizade! Desejo muito sucesso aos seus blogs, e quando precisarem de uma ajudinha, estarei aqui :) Que vocês tenham passado o dia de hoje com seus amigos, que são verdadeiras jóias que a vida nos dá. É isso, e lembrem-se: Todo dia é dia de fazer um novo amigo! 

"Que incrível esse amor, que preenche meu coração e me faz chorar de emoção. Será que existe sentimento melhor que esse? Será que existe algum tipo de amor, que passado tantos anos só consegue aumentar ao invés de diminuir? Eu realmente acho que não... É mágica essa sensação de amar e se sentir igualmente amada. Obrigado Deus, por cada obstáculo que colocou nessa nossa amizade, nesse nosso caminho. Esses 'obstáculos' foram verdadeiras pontes para nos levar até nossas pedras preciosa. Você é meu anjo enviado pelos céus, o diamante que encontrei depois de vistoriar cada pedacinho de vidro sendo enganada.. É incrível o modo como você faz eu te amar mais a cada dia que passo com você. Uma amizade dessas é rara demais, difícil demais de se encontrar. Só pessoas com sorte encontram alguém no caminho como você. Eu amo você muito meu anjo. Esteja comigo sempre. É somente disso que eu preciso. Você ♥"
        Depoimento escrito por mim à minha amiga.